Maratona de Berlim 2013

Maratona de Berlim 2013

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Almoço dos corredores


Quarta-feira, por iniciativa do amigo André (do ótimo blog Andre e o tenis), tivemos um almoço no Galeto Central, na Carioca, aqui no Rio de Janeiro. Estiveram presente a Adriana (do também ótimo Correndo na viagem) e o Glaucio, que não tem blog mas corre. O Andre e o Glaucio foram companheiros de prova na nossa 1ª meia-maratona, a Asics de 2011. Havia também outros dois amigos do Andre, mas que não são corredores e devem ter saído do almoço com vontade de calçar um tênis e sair correndo por aí ou então com a ideia de nunca mais sequer pensar nisso :-)

O papo foi excelente, quase 100% sobre corridas. Incrível o prazer que sinta de falar sobre isso quatro anos e meio após ter dado os primeiros passos. Não é mais uma paixão, é um amor duradouro! Falamos principalmente sobre meias, maratonas e ultras, praia da Adriana, na qual os outros ainda não se aventuraram.

Em um determinado momento, pedi aos 3, que já correram maratonas que dessem uma dica só cada um para minha primeira maratona, que são esses do guardanapo:

Adriana: Não erre na alimentação!
Será seguida. Aqui devo me preparar bem, uma vez que não posso me alimentar nem hidratar de menos, nem de mais. Já fiz treino ruim por fome, mas também já passei uma meia-maratona inteira brigando contra o excesso de alimentação e hidratação (e olha que não foi etílica he he). A regra que uso nos treinos é, a cada 40 minutos alternar um gel de carboidrato e uma paçoca, sempre com água. Tenho que testar como isso irá funcionar no treino mais longo que pretendo fazer, daqui a 3 semanas.

André: Divirta-se!
Sem dúvida, dica importantíssima. Importante demais para uma primeira maratona, ainda mais em um outro país. A diversão precisa ser constante. Como diz o Marcio Villar, as dificuldades ficam para os treinos. O dia da prova é um dia feliz! não posso deixar o peso da estreia estragar isso!

Glaucio: Economize!
No caso, ele se referia ao esforço. De nada adianta sair correndo que nem um louco para quebrar lá na frente. Todo mundo diz que a prova começa aos 30k, por isso preciso ser bem conservador. Embora esteja em condição de correr mais rápido, não deixarei o ritmo ficar mais rápido que 6'/km de jeito nenhum. E devo sempre manter a estratégia de correr 4 minutos e caminhar 1 minuto, mesmo que, na primeira metade, pareça desnecessário.

É isso. As dores da bursite ficaram definitivamente para trás, agora são só aqueles pequenos incômodos do aumento de volume, que tenho que administrar. O corpo está reagindo bem... vamo que vamo!

Sábado tem longão de 24k, depois eu conto como foi...

5 comentários:

  1. A minha dica é a mair TOP de todas, sabia? Se você errar na alimentação você não vai se divertir e nem vai conseguir dosar o esforço de maneira eficaz! hahahaha

    O almoço foi produtivo e super divertido!

    Beijos e bons treinos meu amigo, rumo a Maratona!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza! he he
      bjs e bons treinos
      Sergio

      Excluir
  2. Sérgio,

    Vou encaminhar este post oara o Gláucio guardar para posteridade, pois ele falar sobre economizar energia é surreal. Lembra dele na meia de 2011 puxando ritmo nos primeiros quilômetros? E oa sufoco no finaldia da prova? Um verdadeiro "monstro de tênis"! Foi uma lição aprendida.

    Quanto a alimentação, eu consumi na maratona do Rio (a cada 40minuto minutos): 4 paçocas (uma na largada), um gel, gatorade em todos os pontos, uma laranja e uma banana (também distribuídas pela organização). Mas uma voisa foi fundamental quando cheguei no km 30: um saquinho de sal. Acredite, pois deu um levante para ir até o final.

    Boa prova, meu amigo. Esta maratona você vai nos contar em outro almoço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A dica do sal eu já anotei! he he

      Com certeza, outros almoços virão para contar! por enquanto tudo ótimo!

      abraço,
      SErgio

      Excluir
  3. Essas dicas são ótimas. Vou acrescentar mais uma: Vai doer, continue a correr! Depois do 34km as pernas vão doer e a dica é manter o ritmo, não pare, siga assim mesmo até a chegada.
    Boa preparação para a Maratona.

    Bjos Yeda

    ResponderExcluir

Tenho um enorme carinho pelos que comentam por aqui e procuro responder a 100% dos comentários, aqui na própria seção. Vamos lá, diga aí embaixo o que achou ou qualquer coisa relacionada às corridas...