Maratona de Berlim 2013

Maratona de Berlim 2013

terça-feira, 3 de julho de 2012

Texto publicado no blog da Runners

Hoje tive a felicidade de ver um texto meu publicado no (ótimo) blog do meu xará Sergio Xavier, da Revista Runners. Veja aqui. Abaixo do texto, no original, há alguns comentários bastante interessantes sobre o assunto.

Segue abaixo uma reprodução apenas do texto:

Peso morto


Dia para nosso confrade carioca Sérgio Melo levantar um tema relevante. Assunto pesado, dá para ir longe no joguinho besta de palavras. Chega. Fala, Sérgio Melo. “Queria te sugerir um assunto para o blog. É a questão do nosso peso. Ou melhor, mais especificamente, a questão do peso extra, ou da gordura que carregamos (no resto do texto vou chamar isso de peso).
Não falo de estética. A discussão é o efeito desse peso na performance. O ponto é que muitas vezes nós, como corredores amadores, damos muita importância a treinos de ritmo e intervalados para melhorar nossa performance e nos esquecemos do efeito dele nos resultados. No meu caso isso está muito nítido.
Até o meio do ano passado fiz uma preparação específica para a Meia Maratona do RJ. No processo, que incluía treinos de corrida 3x na semana e de spinning de 2 a 3x, além de musculação, perdi 10 kg. Claro que também fiz um processo de alimentação mais adequada. Quando cheguei ao final da preparação, estava fazendo treino de ritmo na faixa de 4min52 por km e longão a 5min20.
Aí veio um problema na coluna que me tirou uns 7 meses de treino. Recuperei 5 dos 10 kg que havia perdido. Desde então consegui parar o processo de ganho de peso, mas não reduzir o que havia ganho. Conclusão, já são 4 meses de treino. Mas continuo entre 30 a 40 segundos mais lento por quilômetro. É muita coisa!
Estou me preparando novamente para a Meia do RJ. Mas acabo me sentindo um pouco sem motivação para treinos mais fortes, pois sei que enquanto não perder esses 5 kg, não chego perto da performance que tive um ano atrás. O jeito será, após essa prova, fazer novamente um processo de perda de peso.
Isso me fez pensar que não existe, ao menos que eu saiba, uma discussão mais científica sobre isso. Algo que diga, por exemplo, o quanto 5 kg a mais de gordura representam de perda de performance em uma corrida. Outra reflexão que me trouxe é do limite de cada um. Qual seria meu peso e % de gordura ideais para a corrida de longa distância? Certamente muito menos que minha esposa gostaria, he,he. Mas acho interessante o raciocínio. Será que, ao invés de se matar fazendo tantos treinos pesados para ganhar 2 ou 3 segundos, não seria melhor fazer um esforço a mais para perder uns 2 quilinhos?”

12 comentários:

  1. Parabéns, Sergio.
    É muito legal quando temos a interatividade com pessoal das revistas especilizadas em corrida. Mostra que estamos indo no caminho certo.
    Abraço,
    Helena

    ResponderExcluir
  2. esse tema rende:)

    vi uma matéria sobre isso na Go Outside... chama "queda livre: SE VOCÊ QUER GARANTIR uma ótima temporada de pedal ou corrida, temos um conselho para te dar: perca 4,5 quilos."
    http://gooutside.uol.com.br/96

    acho que tem que trabalhar as duas coisas, a perda de peso e a velocidade, pra conseguir ter os melhores resultados... eu acho tanto os treinos de velocidade quanto a dieta muito difíceis:)
    exigem foco, determinação, pensamento a longo prazo, paciência... aff:)
    tem que querer mesmo:)
    querer querendo:)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elis,
      é difícil mesmo. São muitas tentações que temos que passar batido. Mas eu até consigo levar quando estou treinando bem, o problema é quando tenho que parar por algum motivo...
      bjs
      Sergio

      Excluir
    2. ps o artigo que você passou é bem legal. Por ali os agora 4kg a mais dariam uns 4 minutos na meia maratona.
      bjs
      Sergio

      Excluir
  3. Sérgio,
    parabéns pelo texto. Nos últimos meses consegui perder 2kg, mas parece que essa tarefa para um corredor viciado (às vezes corro duas vezes por dia) não é uma das mais fáceis.
    Para acelerar o processo, radicalizei nos doces e nas massas. Agora, perder mais peso parece impossível. Talvez se substituir a galinha e o peixe por queijo branco e cortar o suco na hora do almoço, alguns gramas poderão ficar no meio do caminho...
    Abração!
    Gilmar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gilmar,
      eu ainda estou acima do peso, então para mim cortando massa e doce o negócio já funciona bem. Mas eu estou correndo só 3x por semana, então dá para ficar sem muito carboidrato sem maiores problemas. Treinando 2x ao dia o negócio já deve ser mais difícil, pois "saco vazio não para em pé".
      Valeu pelo comentário!
      abração!
      Sergio

      Excluir
  4. Adorei o tema. Estou numa luta grande para perder 5Kgs e cortei o doce e agora enfrento uma baita crise de abstinência. Posso te contar depois se deu resultado... Tenho 1.56 e peso 55Kgs.

    Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      obrigado pela visita!
      estamos com desafios parecidos! depois me conta seu resultado sim. Claro que quero saber!
      abs
      Sergio

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Grande Sérgio.
    O "peso vivo" pois não desgruda de nós hahaha é um dos nosso maiores problemas.
    Temos que vencer mais um adversário em nossas vdas. O bom é que a vitoria, quando a alcançamos é bem mais prazerosa.
    Abraços

    ResponderExcluir

Tenho um enorme carinho pelos que comentam por aqui e procuro responder a 100% dos comentários, aqui na própria seção. Vamos lá, diga aí embaixo o que achou ou qualquer coisa relacionada às corridas...